quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Carta ao Pai !


Pai!
Demorou tanto mas meu coração já aceita nossa realidade,
O que importa é que fui feliz com você ... de verdade !

Diante de tudo que por mim você já fez,
Fiz pra ti, estes versos, pra que leias de vez em vez ...
E não se esqueça do meu amor!

Pai, seria pouco dizer-te muito obrigado
Pois você esteve sempre ao meu lado,
Nas horas tristes, nos momentos de aflição,
Guardo nos olhos tua sede de vida, tua paixão!

Coragem, força e confiança ...
Nas horas mais duras jamais perdeu a esperança,
Pra que Eu pudesse ser o homem que hoje sou!

Pai, por mais que eu grite aos ventos, que eu fale de ti por onde estiver, jamais será o bastante ...
Por você nobre homem, venço o mundo ...

Ahhh se soubesses o quanto és importante!

Espero que ai onde estás, se orgulhe de tudo o que Eu fiz !
E que nunca esqueça meu querido senhor,
És o Pai que todo filho sempre quis!

Mas o tempo passou e de ti só restam seus conselhos de amor ... lembranças ... momentos ...
Estão guardados ... aqui, dentro de mim ...

Pai, por ser criança eu não pude evitar,
Sei que até te fiz chorar,
Mas aproveito para te pedir perdão.

Se Eu pudesse nasceria novamente,
Pra viver contigo outra vez,
Ser o seu filho, foi o meu melhor presente!

Pai, seu poema já esta quase terminando,
E tanta coisa pra dizer ficou faltando,

Mas que EU TE AMO nunca vá se esquecer ...

Que os anjos lhe abracem por mim ...
Um dia nos vemos denovo ...
Sim ... lá no fim ...
E pra sempre estaremos juntos ...

Eu e Você, meu Pai.








Até que isto aconteça, ando por ai, pelos trilhos da vida ...
Amando, sorrindo, sofrendo, chorando ...





Dia dos pais,
Saudades do velho !




Luciano Braz

5 comentários:

Majoli disse...

Sua poesia tocou forte em mim, não teve como segurar as lágrimas.
Eu tambem já não tenho meu querido pai aqui comigo, mas me permita ao te ler dedicar suas palavras em pensamento ao meu pai também.

Parabéns, de coração.
Beijos.

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!! Feliz dia dos pais para todos os pais de sua familia.

Abraços!!

Tenha um ótimo domingo.

Brisa Inaê disse...

Poeta amigo,

Eu não tive um pai de sangue presente na minha vida, mas tive a presença de um ser humano maravilhoso e desse presenciei os mais marcantes valores que um mortal pode levar consigo...
Seu poema me tocou muito!
Parabéns!

Meu Cantinho disse...

Olá Luciano,fiquei emocionada ao ler sua poesia,muito tocante...
Simplesmente,linda.
Infelizmente meu pai já partiu para outro plano e só restou as lembranças e muita saudades.
Parabéns,bjs

Ariana disse...

Lindos versos, profundos, verdadeiros, de uma melodia tocante.
Parabéns, poeta!
E que outras inspirações como esta lhe venham à mente, pois escrever em forma de canção não é pra qualquer um.
Adorei a viagem das palavras na sua poesia!

Beijos!