sábado, 30 de julho de 2011

Sensações ... Nada mais!




Grossas gotas de chuva escorriam pela vidraça,
Ali fora, Minh’alma encharcada de sensações torpes.

De repente tudo resume-se a uma história triste,
Mas histórias tristes dão bons livros

Talvez este seja meu destino...


Esconder meus traços entre linhas incompreendidas
E os desejos transcendentes da alma,
Disfarçados pelas farsas retidas na capa...

Não me entendes? Ótimo!

Afinal não lhes permito as credenciais
Para invadirem as entranhas da minha psique!






Observação : Isso não é uma poesia, é apenas uma forma ludibriante de ...







Reflexão :

Na historia do livro “O Caçador de Pipas” se passa um Drama vivido em uma sociedade cheia de princípios, cheia de certos e errados, a sociedade muçulmana, a sociedade afegã.

Todos sabemos que para os afegãos os pecados são inúmeros, porém um recado fica explicito a todos nós quando o pai de Amir em “O Caçador de Pipas” lhe ensina sobre o maior de todos os pecados, o de roubar.

Segundo Baba “ao matar, você está roubando uma vida, roubando da esposa o direito de ter um marido, roubando dos filhos um pai.

Quando mente, está roubando de alguém o direito de saber a verdade.

Quando trapaceia, está roubando o direito à justiça”.

Sensível, verdadeiro ...

Isso me leva a crer que todos na história roubam de algum modo!

Deixa estar ... que semeien-se os grãos ... e os frutos bons prevaleçam ...



Jack , Jack ... ohhh salve-me ... Tequilaaaaaa


Fuiiiiiiiiiiiii ...vamos juntos ... boraaaaaaaaaa

Luciano Braz
Quase Bebin ...

17 comentários:

Ângela Coelho disse...

Também li o Caçador de Pipas e tive esta impressão de que lá é comum o roubo e o assassinato. E o pior é que o Brasil está indo para o mesmo caminha.
Beijos.

Ângela Coelho disse...

É pelo mesmo caminho.

Aleatoriamente disse...

Ei moço, gostei da visita.
Que saudades!
O bom é que o carinho só aumenta.
Intenso poema e muito bem escrito.
Mas as coisas se arrumam com certeza!
Lu, bom saber de ti.

Beijo

Luciana disse...

Olá,quanto tempo!!!!
Então...nunca li "O Caçador de pipas".Acredita?Nem eu,mas assim que tiver um tempinho irei ler.(pra vc ter uma idéia,tem 2 meses que estou lendo "A menina que roubava livros" e olha que eu amo ler.
Quanto ao início do post,eu fiquei pensando no que vc escreveu "histórias tristes dão bons livros" é verdade,mas não só.Assim como a vida.Numa é só uma coisa que importa,que é realmente legal...

Enfim,beba mais kkkkkkkkkkkkkkkk

Sandra disse...

Eu assisti o filme Caçador de Pipas, além de ter o livro. Amei a sua visita.
Carinhosamente,
Sandra
"Amigos são flores...
Amigos são poemas...
Como flores, devem ser cultivadas com carinho e dedicação, para que as tempestades da vida não esfacelem suas pétalas e para que possamos ter seu perfume em todas as estações.
Como poemas, devem ser sentidos nas fibras mais sutis da alma, com respeito e gratidão, para que sejam a melodia risonha a embalar nossas horas em todos os períodos do ano".

VENHA NA CURIOSA BUSCAR SEU CARTÃO AMIGOS DO CORAÇÃO.
Lhe ofereço com muito carinho que nos temos um pelo outro...Amizades são vinculos super carinhosos entre os verdadeiros. AMIGOS, seja virtual eou real.

Carinhosamente
Sandra

Fátima Guerra (Mellíss) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fátima Guerra (Mellíss) disse...

LUCIANO

Adorei suas postagens, seu modo de deixar falar o coração.
Venho agradecer seu gentil comentário a respeito dos meus versos, no blog Almas Douradas, do José Carlos.
Muito obrigada.
Carinho,

Fátima Guerra (Mellíss)

ValeriaC disse...

Oi querido, estava com saudades de você e desse seu jeito único de passar sua mensagem...sempre adorável...amei as palavras, pra mim soaram como perfeita poesia...
Bom domingo...beijinhos...feliz semana!
Valéria

Ricardo Calmon disse...

Meu Bom Luciano,kibon que retornas a campos meus de girassois,muita luz para voce,querido escriba e fraterno amigo!

viva la vie

Tatiana Moreira disse...

Olá Luciano...
O Caçador de pipas é uma história forte. A leitura do livro mudou a minha vida e o meu olhar sobre tantas coisas. Depois assisti o filme e a intensidade de tudo aflorou as minhas emoções...
Vamos plantar boas sementes para que a colheita seja mais proveitosa.
Um abraço carinhoso

Majoli disse...

Oi meu querido amigo.
Gosto do seu jeito de escrever, fica sempre algo no ar, suspenso, misterioso.
Amo Nando Reis e ele cantando essa melodia, arrasa.

Assisti o filme "O Caçador de Pipas",
mexeu muito comigo, me fez refletir bastante.

Beijos meu amigo querido.

Evanir disse...

Meu Anjo..
Agora, neste momento,
onde quer que esteja,
sinta o coração tranqüilo,
a alma leve, a mente junto da luz.
Sinta neste momento, o ar que te rodeia,
a vida que pulsa perfeita em você.
Não se descuide nunca!!!!
Dê sempre a você, o melhor...
aceitando a transformação dos tempos,
aprendendo que a cada dia,
muito está reservado para a você.
Então, seja feliz agora..
Seus lindos Sonhos realizados.
Um final de semana lindo e abençoado.
Sua Amizade Para Mim é Tudo.
Bjs,,Evanir,,
Seguindo seu blog com muito carinho.

Wanderley Elian Lima disse...

Oi menino
Poema, humor, música, tudo perfeito. Amei.
Obrigado por sua visita.
Abração

Ricardo Calmon disse...

Meu Bom Luciano:

Como sempre,emanas doçura e vida nessa de amar e viver arte.
Quanto a teu comentário último em campos meus,frase essa que registraste,é de Renata Farias,amiga escriba infinita,que apos adentrar na arte da literatura, em seu primeiro livro em coautoria, de mágoas e tristeza profunda por em desavença com o esposo ,em viajar ao sul,para no lançamento estar,produziu tres infartos em meia hora e faleceu,aos 45 anos,mãe,escritora e avó,além de um anjo ter sido em vida,em Olinda,

te abraço

viva a Vida

Everson Russo disse...

É uma gostosa sensação de um mundo molhado,,,de um possivel recomeço...de desejos e sonhos que rolam junto com as lágrimas da natureza...abraços amigo,,,um belo final de semana pra ti.

Dayane Silva disse...

Olá Luciano há um tempo atrás você foi no meu blog.. mas só agora vi seu comentário.. muito obrigada pela visita ;)

Flor da Vida disse...

Ainda não li Caçador de pipas, mas me emocionei e amei teu poema e tua reflexão sobre ele.

Poeta, obrigada por ser esse amigo que nos transmite o aconchego da sinceridade de uma verdadeira amizade!

Carinhos mil pra ti, viu?
Beijos
Suelzy